Moradores de casas decoradas para Copa ganham TVs para assistir jogos do mundial em Iracema

Concurso ‘Minha casa no ritmo da copa’ foi promovido pela prefeitura de Iracema, no interior de Roraima, e entregou TVs novas para 17 famílias. Bandeirolas e cores verde e amarelo dominaram decorações nas casas. Agora, ganhadores sonham em ver o Brasil hexacampeão.

Bandeirolas verde e amarela, bolas de futebol, camisa da seleção brasileira e, com tudo isso, só faltava a televisão para que famílias de uma cidade no interior de Roraima assistissem aos jogos da Copa do Mundo de 2022 no Catar, que começou neste domingo (20). E, para conseguir ver os jogadores em campo numa imagem de melhor qualidade, moradores entraram numa disputa que virou questão de honra: decorar a casa para vencer o concurso da prefeitura e ganhar TVs novas de 43 polegadas.

O resultado foi espaços com muita decoração “à la Brasil” e toda energia típica de torcedor em época de mundial na pacata cidade Iracema, no Sul de Roraima.

Inicialmente, a prefeitura abriu o concurso “Minha casa no ritmo da Copa” com a intenção de distribuir 15 televisões para as casas mais decoradas, mas, com a repercussão positiva, foram entregues 17 TVs para as famílias nesse sábado (19), véspera da abertura do mundial no Catar. No total, a competição reuniu 54 casas e muita empolgação dos moradores.

“Estamos muito felizes com essa televisão. Agora só falta a taça [do mundial para o Brasil”, disse Amanda Sousa, de 23 anos, moradora de uma das casas premiadas.

O prefeito do município, Jairo Ribeiro (MDB), explicou que o concurso está ocorre pela segunda vez – a primeira foi em 2018. A competição é promovida pela prefeitura em parceira com a Câmara dos Vereadores e do governo do estado. A intenção é incentivar os moradores a enfeitar a cidade no período da Copa.

“Isso é um incentivo que a gente está dando pra manter sempre nossa cidade bonita e harmoniosa. É uma forma de prestigiar também os nossos moradores, que eles são realmente apaixonados pelo futebol. As televisões, inclusive, são para que eles assistam ao jogos de forma mais confortável”, disse o prefeito.

Além da casa mais bonita, também o júri do concurso também julgou o empenho de cada família em decorar a casa, já que nem todo mundo no município “tem condição de fazer um grande enfeite”, explicou o prefeito.

União, amor pelo futebol e dedicação em família

O g1 acompanhou em Iracema entrega das televisões para três das 17 famílias. O clima era de alegria, empolgação, expectativa pelo hexa do Brasil e também de emoção.

Todas as casas premiadas com a televisão tiveram duas coisas em comum: a união e o amor pelo futebol. A primeira a receber a TV nova foi a família da secretária escolar Amanda Sousa, de 23 anos. Foi dela a ideia de por a família para participar do concurso.

A casa onde moram ela, o pai e a mãe, foi toda decorada com verde e amarelo com a ajuda dos demais familiares e de amigos. Na fachada, a frase “Família Topada na Copa” já indica que ali todos já estão em clima de torcida. O slogan foi inspirado no nome do grupo da família no WhatsApp.

“Todas as copas a nossa família se reúne para decorar a casa, para se unir e torcer pela seleção. Esse ano, não poderia ter sido diferente. Esse concurso, sem sombra de dúvidas, deu um gás a mais para decorarmos de forma ainda mais bonita a nossa casa”, disse Amanda, acrescentando que está “muito animada para a copa, o entusiasmo está enorme”.

Amanda lembrou conta que o empenho para decorar a casa foi tanto que os trabalhos só terminaram na madrugada do dia da visita da comissão julgadora. Por conta da dedicação, Amanda se sentiu muito feliz com o prêmio e comprou até um bolo inspirado na Copa para comemorar.

“Todo mundo se organizou para enfeitar a casa. Irmãos, cunhados, pai e mãe. Terminamos de enfeitar nessa madrugada. Aqui, só mora eu, minha mãe e meu pai, mas todo mundo da família se reuniu, fez plantão para ajudar. Foi a união da família que garantiu essa televisão”, conta

Como a família de Amanda já tinha uma televisão e eles ganharam a nova, a antiga será doada para o vizinho que ajudou eles a decorar a casa.

A mesma união familiar esteve presente no processo de decoração da casa da vendedora Raimunda Santos, de 57 anos, também premiada com uma televisão nova. Todos se reuniram para enfeitar o lar com mini-campos de futebol, bolas e balões em verde e amarelo.

Na casa dela a empolgação foi tanta que até pequenos itens como a caixa de energia no poste na calçada da casa foi pintada de verde. Raimunda explica que o motivo foi só um: o amor da família pelo futebol.

“Nossa família já queria participar do concurso. A gente começou a fazer a decoração antes de ontem com a ajuda de todo mundo. Meu genro, minhas noras e meus filhos, netos. Foi todo mundo que se empenhou e o resultado foi esse. Pintamos, inclusive terminamos de pintar a casa hoje de manhã. Lógico que a gente queria ganhar a televisão, mas também queremos torcer para a nossa seleção”, disse.

Agora, com a TV nova, a meta é manter a tradição, ou melhor, o evento, de assistir todos os jogos em família.

“A gente se junta, todo mundo se reúne para assistir aos jogos. Eu sofro muito quando o Brasil perde, mas é sempre um evento. Tem comida nos jogos. É a família reunida. Muito amor conjunto pelo futebol”.

“Aqui nessa família todos jogam. O avô, o pai, o filho, os neto. Todo mundo joga futebol, menos eu. Por isso, esses enfeites para torcer na copa representa esse amor que a nossa família tem pelo futebol. Todos gostam muito de jogar bola, só não ganham dinheiro, mas adoram”, brinca Raimunda.

A alguma quadras da casa de Raimunda a zeladora Verônica Maria Ibiapina, de 52 anos, também recebeu, com emoção e muita felicidade, o merecido prêmio. Acompanhada de seus dois filhos, ela chorou, agradeceu a todos e contagiou quem acompanhava a entrega.

Sem condições financeiras de comprar uma TV moderna, Verônica ainda tinha em casa uma televisão antiga, de tubo, com imagem em baixa definição. Ela contou que sequer tinha condições para enfeitar sua casa, por isso precisou da ajuda de todos em sua volta.

“Eu não tenho muito recurso para enfeitar a casa, nem tinha para comprar uma televisão. A televisão que a gente tem é uma antiga, de tubo.Pedi ajuda de todos, e todo mundo me ajudou. Um me deu a tinta, outro me deu o pincel… e foi assim que eu consegui arrumar minha casinha”, relatou a zeladora emocionada.

Os dois filhos estavam felizes, afinal, além de ver a copa em alta definição, também vão poder acompanhar seus desenhos favoritos – e isso também foi motivo para aumentar a alegria de Verônica.

Prefeitura Municipal de Iracema-RR - Todos os Direitos Reservados. 2022
Desenvolvido por Multimax Consultoria e Sistemas